PARASHÁ VAERÁ – A ANGÚSTIA DA ALMA

las10plagas

“E Moisés falou aos Filhos de Israel, porém eles não escutaram por angústia da alma” (Zohar Vaerá).

A parashá nos situa na difícil situação de Bnei Israel no Egito e o quanto viviam debilitados sob o jugo da difícil escravidão, sob a qual falamos na interpretação mística da parashá anterior. Em verdade os reflexos bíblicos que a Torá passa a transmitir, estão sob a humanidade hoje em dia, numa realidade tão óbvia que salta aos olhos. A degradação da humanidade é o tema, através do desprezo ao amor, que se torna paixão pela violência e destruição, onde se superar não é o ideal, mas sim superar o outro.

As situações não teriam o peso que tem hoje, se as pessoas enxergassem que as respostas já foram todas escritas e ditas. A Torá dá à todo ser o caminho de sua redenção, através da manifestação da vontade de D-us em relação à todas as Suas criações, tão belamente resumida em: “amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Vaycrá 19:18). Mas realmente é difícil de ver isto, enquanto cada um não se livrar de seu próprio “Egito Interior”.

O Talmud nos relata que “Esav odeia Yacoov”, como uma relação profunda entre a Alma Animal e a Alma Divina que cada ser possui em seu interior e que travam um combate pelo controle das ações humanas. a Angústia da Alma que o Zohar nos relata, está no fato de a alma divina de cada ser não  conseguir dar plena expansão à sua máxima vontade que é servir ao Criador através de pensamento, palavra e ação. Por isso, naquela altura eram incapazes de ouvir a Moisés, como muitos de nós não conseguimos dar ouvidos às mensagens puramente espirituais.

Uma alma angustiada é aquela que está nas profundezas de Malchut, sem permitir que esta última sefirá em seu interior seja abrigo para as nove outras, que fluem em maior consonância com o divino. Quando não há equivalência de forma entre o homem e D-us, não há nada porque o canal para a elevação do ser se torna suspenso ou interrompido de forma quase que permanente. Isto representa o Tzim-Tzum (separação) permanente entre dois elos que deviam estar unidos, tal qual um casamento.

No Shir Ha Shirim (Cântico dos Cânticos) conseguimos perceber que O Rei Salomão nos transmite um ideal das uniões perfeitas, relatando como deve ser a relação entre a humanidade e seu Criador, na intimidade mais profunda. Ao sentir a necessidade desta união, como um vaso que precisa ser preenchido, cada qual , pode provar as delícias deste ibum (fusão) e crescer em espiritualidade mesmo aqui em meio a vida material. D-us relata em toda a Torá e através de seus profetas, que acompanharia o Seu povo na Galut (Exílio).

Moisés é o tzadik, o enviado de D-us, para despertar as mentes e as almas daquelas pessoas angustiadas. elas não ouviam a sua voz, porque as camadas de cascas eram por demais duras, não permitindo a penetração da sabedoria divina. Porém, poucos sabem que o mero anseio em se conectar é uma expressão de cada alma, sua condição natural, ainda que em meio à materialidade. O que significa, que se houver uma vontade verdadeira, por mais ínfima que seja, a mensagem do amor divino chegará aos ouvidos outrora surdos, revertendo a condição desfavorável da alma humana.

Quando Moisés usou os “sinais”, com os quais D-us lhe havia orientado a apresentar diante dos Filhos de Israel, ele permitiu, com que os mesmos estivessem presentes nos dias de hoje para aquelas almas que anseiam pela verdadeira liberdade. Se você realmente quiser, a “Kol Demamá Daká”  (Voz Silenciosa) ressoará em seu coração e então redimirá da influência maléfica da alma animal, no seu interior.  Basta querer se conectar.

Shalom!

Rafael Chiconeli

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s